segunda-feira, 10 de novembro de 2008

SÁBADO!!!


Domingo passado foi o dia de Finados. Não pude ir no cemitério levar umas flores pro meu pai, mas fui sábado (08/11) com a minha mãe. Como a vida da gente muda com o passar do tempo, das horas... Um ano depois praticamente eu estava ali, depositando flores pra ele, sendo que em 2007, eu estava lá com ele depositando flores para os meus avós. Como é difícil conviver com a perda, com a ausência, com o vázio que ficou depois que ele se foi. Parece que foi ontem que ouvi ele me chamar de caçulinha, parece que foi ontem que ele me esperava na porta da faculdade com aquele sorriso largo no rosto. Parece que foi ontem que ele chegou com aquele arranjo de flores no meu aniversário, mais o bolo de nozes, e o cartão é claro. Não podia faltar o cartão!! E no meio daquele sol, daquela chuva da manhã de sábado, fui eu que iniciei as orações, que era função dele anteriormente. Eu ali assumia seu papel com firmeza, mas com uma dor imensurável. E sei que vou sentir essa dor dia após dia... A dor que ninguém pode interromper.


Que saudade de você, Pai!!

Um comentário:

Dehli disse...

Não há distâncias para o amor, linda.
Fica bem!
Ah! Adorei o lay novo do blog.